• Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
O CIMJ passou a integrar, com o CECL, o Pólo CIC.Digital da FCSH, agora em fase de institucionalização.

Jorge Pedro Sousa lança dois novos livros

Jorge Pedro Sousa, investigador integrado do CIMJ e professor catedrático da Universidade Fernando Pessoa, acaba de lançar dois novos livros, nas áreas da história do fotojornalismo e do jornalismo: "A Grande Guerra - Uma Crónica Visual - Parte I" e "Jornalismo em Portugal no Alvorecer da Modernidade".

 

A editora é a Media XXI (http://mediaxxi.com/). Os livros podem ser comprados diretamente à editora e estarão brevemente à venda nas livrarias, Amazon incluída.  Veja um breve resumo de cada uma das obras aqui.

 

A Grande Guerra - Uma Crónica Visual: Estudo do Discurso em Imagens da "Ilustração Portuguesa" (1914-1918)

Durante a I Guerra Mundial, tropas portuguesas lutaram contra a Alemanha e seus aliados na Europa, em África e no Atlântico. Este livro evoca e analisa o discurso da principal revista  ilustrada portuguesa da época, a "Ilustração Portuguesa", sobre a participação de Portugal no conflito. Concluiu-se que embora a revista tenha alinhado pelas posições governamentais (com as quais os seus redatores possivelmente se identificavam), o que a levou a esgrimir um discurso belicista, enviesado e de tom propagandístico, o discurso visual sobre a Grande Guerra que a publicação desenvolveu assumiu essencialmente o formato de um panegírico à figura (ideal e mitificada) do soldado português.

Jornalismo em Portugal no Alvorecer da Modernidade

Este livro detém-se sobre o momento em que, na história de Portugal, a difusão interpessoal de notícias se começa a institucionalizar em torno de publicações seriadas e de periódicos informativos destinados a um público vasto. Além de apontar razões materiais e sócio-culturais para a génese do jornalismo português, a obra disseca o discurso de algumas das primeiras publicações ocasionais e periódicas portuguesas dos finais do século XVI e do século XVII. Entre as principais conclusões pode realçar-se a ideia de que Portugal acompanhou o movimento de expansão do periodismo europeu no século XVII, pois replicaram-se no país - se bem que a uma escala limitada - algumas das condições materiais e socioculturais que tornaram bem sucedidos os periódicos informativos, mesmo quando tinham um viés político, e os folhetos ocasionais que antecedem o género jornalístico da reportagem.

 

 

 

 

NOTÍCIAS

Programa Born from Knowledge
O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) promove o programa Born from Knowledge, através do qual se associa ao Web Summit. O programa reúne um conjunto de iniciativas, entre...
Aquele outro Mundo que é o Mundo - Bolsa de criação jornalística
Estão abertas as candidaturas para a atribuição de uma bolsa de criação jornalística que visa promover condições para a realização de uma experiência de reportagem sobre temas relacionados com o Desenvolvimento. “Aquele...

CALLS

Extended Deadline - CFP - Special Track “Digital games in Assistive Environments” in TISHW 2016 - (27 junho 2016)
In recent years, there has been increasing interest in applying digital games to such contexts as healthcare, sports, occupational therapies and rehabilitation. Although much has been debated about its use in...
I Seminário de História da Comunicação - Universidade do Minho | 25 de outubro de 2016
Termina no dia 15 DE JUNHO o período de submissão de propostas ao I Seminário do GT de História da Comunicação da Sopcom, que o CECS organiza na Universidade do Minho....

EVENTOS

Apresentação do livro 'Gender in focus: (new) trends in media' 7 de junho, Braga
O livro 'Gender in focus: (new) trends in media', editado por Carla Cerqueira, Rosa Cabecinhas e Sara I. Magalhães, que explora as interrelações e negociações entre comunicação (mediática) e género, sobretudo...
PLUNC 2016
OPEN CALL - PLUNC 2016 - Festival de Novos Media e Artes Digitais. A segunda edição do PLUNC vai ser realizada de 29 de Setembro a 2 de Outubro, nas zonas...