• Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
O CIMJ passou a integrar, com o CECL, o Pólo CIC.Digital da FCSH, agora em fase de institucionalização.

Seminário "Democracia, Media e Corrupção" | 29 de Maio 2015

(Av. da República 65, 1050-189 Lisboa)
(Av. da República 65, 1050-189 Lisboa)

No âmbito do Projeto FCT “Corrupção política nos media; uma perspetiva comparada”, realiza-se no dia 29 de Maio, em Lisboa, o seminário Democracia, Media e Corrupção.
A conferência de abertura é proferida pelo Juiz Desembargador Rui Rangel.O seminário conta com a presença do presidente do Tribunal de Contas e do Conselho de Prevenção da  Corrupção, Guilherme Oliveira Martins, e com o Procurador da República, Carlos Filipe Preces Ferreira, que comentará dados da investigação sobre o Caso Face Oculta. 

Apresentam comunicações os investigadores Isabel Ferin Cunha (coordenadora do projeto), Estrela Serrano, António Maia, João Figueira, Rita Figueiras, sobre os casos ocorridos em Portugal, e Helcimra Teles, sobre casos ocorridos no Brasil. São moderadores dos painéis  Ana Cabrera, membro da equipa do Projecto, e Rui Hortelão, director da revista Sábado.

O evento terá lugar no Auditório do Tribunal de Contas (Av. da República, 65 1050-189 Lisboa).

A entrada é livre mas sujeita a inscrição prévia até 20 de Maio para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar com a mensagem intitulada “Democracia, Media e Corrupção”, com os seguintes dados: Nome completo, Instituição (Universidade, Instituto, Centro de Investigação, Empresa, outro) e E-mail.

O programa pode ser consultado aqui.

 

 

Colóquio “O Jornalismo Português na Guerra Colonial” | 28 de maio de 2015

O Centro de Investigação Media e Jornalismo e o Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens têm o prazer de convidar-vos para o colóquio "O Jornalismo Português na Guerra Colonial", que terá lugar no dia 28 de maio de 2015, entre as 9h30 e as 18h00, no auditório 1 (torre B) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (Avenida de Berna, 26-C, Lisboa). A entrada é gratuita.Consulte o programa em anexo.

 

Apresentação do livro “Azuis Ultramarinos. Propaganda Colonial e Censura no Cinema do Estado Novo", de Maria do Carmo Piçarra

Com a chancela da editora 70, será apresentado, no próximo dia 21 de abril, pelas 18H30, na Livraria Almedina do Atrium Saldanha o livro “Azuis Ultramarinos. Propaganda Colonial e Censura no Cinema do Estado Novo". Trata-se de uma obra que resulta da sua tese de doutoramento em que a autora questiona quais as evidências da (im)possibilidade de um novo olhar sobre as colónias portuguesas em obras de autor que censuradas e proibidas, quando emergiu a geração do Novo Cinema e como é que a propaganda do Estado Novo filmou o «modo português» de estar no mundo.
O ensaio é um contributo decisivo para o estudo sobre a forma como Portugal «imaginou», durante a ditadura, o seu colonialismo através da sétima arte. 

A sessão de apresentação contará com a presença de Manuel Faria de Almeida, realizador do filme Catembe (1965), e a obra será apresentada por Manuela Ribeiro Sanches e Tiago Baptista.

 

Concentration, Voices Diversity and Competition in the Media e "Media Industry Dynamics: Management, Concentration, Policies, Convergence and Competition", são os mais recentes livros ​de ​​​Paulo Faustino​,​ investigador do CIMJ

O primeiro livro centra-se na questão da concentração da propriedade e do pluralismo dos meios de comunicação, apresentando teorias e bases práticas para analisar a concentração da propriedade e do pluralismo nos meios de comunicação na Europa e em Portugal, bem como a identificação de possíveis caminhos para estudos a serem realizados no futuro para ampliar o escopo da pesquisa ou considerar metodologias empíricas complementares sobre esta questão. "Concentração de mídia é uma preocupação consequente nesta era de conglomerado transnacional e convergência plataforma, porque é um fator essencial para definir a escala e o alcance da concorrência e graus de pluralismo na propriedade da mídia e na prestação de conteúdo.

Continuar...
 

Candidaturas à 3ª edição do Doutoramento FCT Estudos de Comunicação

De 20 de Abril até 11 de Junho, está aberta a primeira fase de candidaturas à 3ª edição do programa doutoral Estudos de Comunicação: Tecnologia, Cultura e Sociedade, financiado pela FCT e resultante de uma parceria entre seis unidades de investigação (CIMJ, CECS, CIES, Labcom, CECL e CICANT). A segunda fase de candidaturas, apenas para vagas sobrantes, decorrerá entre 14 de Julho e 3 de Setembro. Mais informações aqui.

 

 

 

Seminário “Democracia, Jornalismo e Corrupção Política” | 28 Abril 2015

No dia 28 de Abril realiza-se na Universidade do Porto, Polo Ciências da Comunicação, o seminário “Democracia, Jornalismo e Corrupção Política”, organizado pelo CIMJ. Este seminário pretende debater as tendências recentes da democracia europeia, a responsabilidade social dos media em Portugal e os processos de resolução de crises. No âmbito do projeto “Cobertura Jornalística da Corrupção Política: uma perspetiva comparada” (PTDC/IVC-COM/5244/2012),disponível aqui) serão apresentados resultados do contributo da blogosfera na discussão da corrupção política, bem como a representação dos casos Freeport Face Oculta na imprensa. A temática cobertura jornalística de escândalos será ainda abordada numa perspetiva histórica, recuperando o caso Crédito Predial Português (1910).

Cartaz Porto_final

 

Pedro Coelho lança livro sobre "Jornalismo e Mercado: os novos desafios colocados à formação"

"Este livro, resultado de um trabalho académico que deu origem à minha tese de doutoramento, é assinado por um jornalista que busca inspiração na amalgamagem de Ruellan e que, ao mesmo tempo, procura um escudo protetor para o jornalismo. Como muitos, também luto pela preservação do jornalismo, a nobre profissão que escolhi há quase três décadas. Em 1984, quando cheguei à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas e ao curso de Comunicação Social, o número de licenciados na área, entretanto chegados à profissão, era limitado. As pequenas fornadas que, anualmente, terminavam o curso eram recebidas com a resistência de alguns tarimbeiros, formados na cultura cerrada da redação. De facto, um muro alto separava a redação da universidade; vivíamos em mundos paralelos. Quando terminei a licenciatura e entrei na redação cruzei a fronteira e sentei-me ao lado dos tarimbeiros, bebi-lhes a experiência. O tempo obrigou-me a omitir a academia, tornando cada vez mais difusa a memória da passagem. Éramos assim empurrados para a desacademização – forçada para uns, aceite sem resistências pela maioria; todos confrontados com a euforia do primeiro emprego, o avesso da universidade. Cresci profissionalmente procurando pontes com o que tinha trazido da Faculdade; quando as encontrava tentava dar-lhes um uso.

Continuar...
 

Sónia Lamy é a nova doutora do CIMJ

A tese de doutoramento de Sónia Lamy, “As fontes não governamentais no media. As ONG enquanto fontes de informação”, recebeu a classificação máxima nas provas públicas que ocorreram no passado dia 19 de Março. O júri foi composto por António Granado (orientador, FCSH/NOVA), Cristina Ponte (FCSH/NOVA), Rogério Santos (Universidade Católica Portuguesa), Fernando Moreira Ribeiro (Universidade do Porto) e Carla Cerqueira (Universidade Lusófona do Porto). Parabéns à nova doutora do CIMJ!

 


Pág. 7 de 13

NOTÍCIAS

Programa Born from Knowledge
O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) promove o programa Born from Knowledge, através do qual se associa ao Web Summit. O programa reúne um conjunto de iniciativas, entre...
Aquele outro Mundo que é o Mundo - Bolsa de criação jornalística
Estão abertas as candidaturas para a atribuição de uma bolsa de criação jornalística que visa promover condições para a realização de uma experiência de reportagem sobre temas relacionados com o Desenvolvimento. “Aquele...

CALLS

Extended Deadline - CFP - Special Track “Digital games in Assistive Environments” in TISHW 2016 - (27 junho 2016)
In recent years, there has been increasing interest in applying digital games to such contexts as healthcare, sports, occupational therapies and rehabilitation. Although much has been debated about its use in...
I Seminário de História da Comunicação - Universidade do Minho | 25 de outubro de 2016
Termina no dia 15 DE JUNHO o período de submissão de propostas ao I Seminário do GT de História da Comunicação da Sopcom, que o CECS organiza na Universidade do Minho....

EVENTOS

Apresentação do livro 'Gender in focus: (new) trends in media' 7 de junho, Braga
O livro 'Gender in focus: (new) trends in media', editado por Carla Cerqueira, Rosa Cabecinhas e Sara I. Magalhães, que explora as interrelações e negociações entre comunicação (mediática) e género, sobretudo...
PLUNC 2016
OPEN CALL - PLUNC 2016 - Festival de Novos Media e Artes Digitais. A segunda edição do PLUNC vai ser realizada de 29 de Setembro a 2 de Outubro, nas zonas...